Manutenção

O Sistema de Armas EADS-CASA C-295M apresenta um Conceito de Manutenção baseado em três níveis:

 

-Organisational Level (O)

-Intermediate Level (I)

-Depot Level (D)

 

O primeiro nível (Organisational Level) contempla todas as acções de manutenção preventivas e correctivas desenvolvidas na linha da frente. Fazem ainda parte deste nível todas as acções de Ground Handling, tais como, estacionamento, reboque, inspecções antes-de-voo, entre-voos e diárias.

 

 

O Intermediate Level engloba as acções de manutenção preventivas e correctivas que excedem a capacidade do Organisational Level, podendo ser desenvolvidas na aeronave (on aircraft) ou fora destas (off aircraft).

 

Por fim, o Depot Level abrange todas as acções de manutenção preventivas e correctivas, realizadas on/off aircraft, que requerem instalações, qualificações e materiais específicos, que por isso excedem a capacidade dos dois níveis anteriores.

 

No Conceito de Manutenção verifica-se uma partilha de responsabilidade e acções entre a Força Aérea Portuguesa (PoAF) e a Airbus Military (CLS), conforme apresentado na seguinte tabela:


 

 

No que diz respeito ao Programa de Manutenção da aeronave C-295M, foi desenvolvido com base no Maintenance Review Board (MRB), sendo composto por um conjunto de Tasks, associadas a intervalos específicos, formando um conjunto de work packages de forma a permitir um correcto planeamento e elevada flexibilidade.

Em termos de Conceito Logístico (Supply Support), o Sistema de Armas C-295M é sustentado por um contrato de prestação de serviços estabelecido entre a PoAF e Airbus Military, designado por FISS – Full In Service Support.

Este contrato garante todo o fornecimento de Spares Parts, sejam eles Repairables, Rotables ou Expandables.

É da responsabilidade da PoAF assegurar o fornecimento de produtos químicos, combustíveis, lubrificantes, ferramentas e oxigénio.

 

  COPYRIGHT © 2019 FAP - DCSI - WEBTEAM